Indique a um amigo

Primeiro curso a distância no Brasil sobre assistência religiosa em presídios é lançado na Católica

20/06/2019 - 7:00 - Virtual

Fonte: Natalie Malulei

Curso de Assistência Religiosa em Presídios foi lançado no auditório da Biblioteca Pe. Félix Zavattaro

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Virtual

Com uma Aula Magna realizada na noite dessa quarta-feira (19), o curso de extensão em Assistência Religiosa em Presídios foi lançado no campus Tamandaré. A capacitação, oferecida pela Universidade Católica Dom Bosco, por meio da UCDB Virtual, em parceria com a Arquidiocese de Campo Grande e com a Pastoral Carcerária Nacional, é a primeira na modalidade a distância a ser realizada no Brasil.

Na data, a solenidade foi transmitida ao vivo pela internet e entre as autoridades que participaram da abertura estavam o Reitor da Católica, Pe. Ricardo Carlos, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, e a coordenadora nacional da Pastoral Carcerária, Ir. Petra Silvia Pfaller.

Segundo Pe. Ricardo, a UCDB apoia a iniciativa por entender a importância do trabalho de assistência religiosa nos presídios. Ao discursar, o Reitor da Católica pontuou que esse público sempre foi uma das preocupações de Dom Bosco. “Falar em pastoral carcerária é recordar, para nós salesianos, uma das gêneses de São Francisco de Sales e do início da nossa sociedade. Enquanto estudante de filosofia, Dom Bosco acompanhava um padre que dava assistência a quem era condenado e sempre se impressionou em ver tantos jovens com tanta vitalidade naquela situação. Esse foi um dos motivos que o fez criar um sistema preventivo de educar evangelizando e evitar que outras pessoas tivessem o mesmo fim. Recordamos tudo isso com carinho e promovemos esse curso com muita satisfação”, pontuou Pe. Ricardo.

Já o arcebispo de Campo Grande enfatizou a relevância de a capacitação ser oferecida na modalidade a distância. “A população carcerária aumenta a cada ano e sabemos do interesse das pessoas em continuarem esse trabalho de assistência religiosa nos presídios, contudo há muitas regiões do Brasil que não tem acesso à uma formação de qualidade e agora iremos alcançar esse público”, ressaltou Dom Dimas.

O lançamento do curso também contou com uma palestra ministrada pela Ir. Petra que, além de coordenadora nacional da Pastoral Carcerária, também atua como advogada e é especialista em direitos humanos. No auditório da Biblioteca Pe. Félix Zavattaro, a Aula Magna trouxe o tema “Sistema Penitenciário Brasileiro: Há solução?”. Dados estatísticos e a situação da população carcerária no país foram citados pela palestrante. Além disso, Ir. Petra falou sobre a política atual de encarceramento em contraponto com a concessão à liberdade e o direito à assistência religiosa. Durante o evento, também houve uma apresentação cultural feita pelos agentes da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Campo Grande e a iniciação ao curso de extensão.

Sobre a extensão

Com 40 horas/aula, a proposta é capacitar quem tem interesse em se tornar um agente da Pastoral Carcerária. De acordo com o Pe. Alex Messias, tutor da extensão no âmbito religioso e espiritual, existe a intenção de atender uma necessidade das comunidades: “Algumas paróquias têm dificuldades em reunir profissionais do direito e do sistema penitenciário para promover esse tipo de capacitação, além disso tem outro ponto: cursos presenciais, geralmente, podem levar de um a dois anos para serem finalizados e, por meio da modalidade à distância, conseguimos concluir em dois meses”.

Esta primeira edição da capacitação tem início em julho e encerra-se em agosto. Ao todo são 15 videoaulas que, de acordo com a metodologia do curso, foram distribuídas entre os eixos “ver”, “julgar” e “agir”. Aplicação de questões de fixação e atividades reflexivas a partir da elaboração de textos também fazem parte da extensão. Segundo Pe. Alex, após a conclusão do curso, o aluno deve ir até a paróquia ou diocese a qual pertence e solicitar o ingresso na Pastoral Carcerária, a partir daí as equipes darão o encaminhamento para que ele passe a atuar junto à igreja na assistência religiosa voltada para os internos. Depois do término das atividades voltadas para esta turma, outras devem ser abertas conforme a demanda.

 

Notícias



19/09/2019 - 07:00 - UCDB

Brigadistas são capacitados para atuar na prevenção e combate a incêndio em museus

Treinamento gratuito é oferecido pela UCDB aos colaboradores do Museu das Culturas Dom Bosco e a outros museus de Mato Grosso do Sul


18/09/2019 - 01:00 - UCDB

Alunos da Escola Paulo Freire participam de Dia de Campus e conhecem a UCDB

Estudantes puderam tirar dúvidas sobre os cursos de graduação com docentes e acadêmicos