Indique a um amigo

COVID-19: Professora da UCDB alerta que alimentação saudável é essencial para aumentar a imunidade

24/03/2020 - 9:00 - UCDB

Fonte: Natalie Malulei

Rosermarly Candil, coordenadora do curso de Nutrição da UCDB

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

Com a pandemia do novo coronavírus declarada pela Organização Mundial da Saúde e o aumento de casos no Brasil, existe uma grande insegurança da população em contrair à doença. Além das medidas de prevenção já estabelecidas, você sabia que é possível fortalecer o organismo para que ele fique menos propenso a ter infecções e quadros como a gripe? Pois é, segundo a coordenadora do curso de Nutrição da UCDB, Rosemarly Fernandes Mendes Candil, há um conjunto de hábitos que permitem adquirir mais imunidade e entre eles está a alimentação.

De acordo com a docente, a construção do sistema imunológico é feita ao longo do tempo, já que o organismo se fortalece paulatinamente, por isso a importância de manter uma rotina alimentar. “Um ponto muito importante é manter a hidratação e ingerir dois litros de água por dia, pois é algo que pode, inclusive, evitar a instalação do novo coronavírus na garganta. É importante também ingerirmos frutas e vegetais, principalmente, verdes escuros, além de cereais integrais e especiarias in natura como alecrim, orégano e manjericão, já que esses alimentos têm propriedades que ajudam a aumentar a resistência do nosso organismo”, esclareceu Rosemarly.

Segundo a coordenadora, nesse período de resguardo para evitar a proliferação da doença é indicado fazer cinco refeições ao dia — café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Rosemarly esclareceu que elas devem conter variados tipos de alimentos: “Faça um prato colorido, rico em vitamina C, D e zinco que pode ser encontrado nas carnes, cereais integrais, castanhas, sementes e leguminosas. Evite alimentos industrializados, multiprocessados ou ultraprocessados e opte por escolhas mais saudáveis, pois são elas que propulsionam um sistema imunológico forte”. (Veja abaixo opções de alimentos saudáveis que ajudam no aumento da imunidade)

Conservação dos alimentos e higienização na hora do preparo

Como a orientação é para que as pessoas fiquem em casa e evitem locais de aglomerações, como supermercados, a coordenadora do curso de Nutrição orienta a respeito da conservação dos alimentos. Aqueles não perecíveis, como feijão, arroz, óleo e sal, que são armazenados em temperatura ambiente, devem ser colocados em locais distantes do chão como prateleiras ou em ambientes arejados. Já para os alimentos perecíveis, existe uma recomendação específica voltada a cada tipo, de modo geral, vegetais e frutas tem uma durabilidade de três a cinco dias e devem ficar em recipientes fechados e na geladeira (entre 4°C e 6°C).  Alimentos congelados devem ser guardados a uma temperatura de -18°C por 30 dias, ou conforme a recomendação do fabricante.

Rosemarly também ressalta a relevância da higienização na hora do preparo das refeições. Segundo a docente, ainda não há estudos e nem evidências de que o novo coronavírus possa ser transmitido por meio da ingestão de alimentos mal higienizados, porém o vírus pode se instalar em utensílios, bancadas e equipamentos.  “No caso de supefícies e itens utilizados para fazer as receitas, é importante lavá-los com detergente neutro e, depois do enxague, também recomendo a utilização do hipoclorito de sódio (de 2,0 a 2,5%) e álcool 70%. Já quando se fala da higienização dos alimentos, como frutas e verduras, após lavá-los em água corrente, é interessante deixá-los de molho por dez minutos também no hipoclorito de sódio e depois enxaguá-los, antes da ingestão”, explicou a coordenadora.

Lista de alimentos que podem ajudar no fortalecimento do organismo

Cebola - A quercitina presente no alimento é um potencializador da função imune, prevenindo doenças virais e alérgicas.

Gengibre, cardamomo, própoles, cúrcuma, alecrim e orégano – possuem ação bactericida, efeito anti-inflamatório, além de vitamina B6 e C.

Castanhas – são ricas em zinco e selênio (poderoso antioxidante no combate aos radicais livres, que também turbina o sistema imunológico).

Batata yacon – contém oligossacarídeos importantes para a saúde intestinal, e consequentemente, para imunidade.

Iogurte natural e kefir – possuem propriedades probióticas, que melhoram a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico.

Frutas cítricas – opções como laranja, lichia, acerola, limão, kiwi e morango são ricas em vitamina C, antioxidantes, fibras e propriedades anti-inflamatórias.

Geleia real – produto fito químico e antioxidante. Ao ser consumido em jejum, ela aumenta a imunidade por conter altas concentrações de vitaminas, principalmente a vitamina C e o complexo B.

Óleo de coco – o ácido láurico e o ácido cáprico, presentes no óleo de coco, tem a propriedade de modular o sistema imunológico, agindo contra fungos, vírus e bactérias.

Gérmen de trigo – possui vitaminas A, E e K em grandes quantidades. Elas têm um excelente poder antioxidante e contribuem para o aumento da imunidade, além de ajudar a regular o sistema digestório, estimular o apetite e tonificar a pele, mantendo-a saudável.

 

Notícias


25/03/2020 - 07:00 - UCDB

Transferência externa para a UCDB têm isenção de matrícula e desconto de 25% nas mensalidades

Procedimentos podem ser feitos online ou na Central de Atendimento da Universidade


20/03/2020 - 01:26 - UCDB

Artigo: Tempos de desassossego


20/03/2020 - 11:00 - UCDB

Ingresso como portador de diploma na UCDB têm descontos de até 30% nas mensalidades

Procedimentos podem ser feitos online ou na Central de Atendimento da Universidade