Indique a um amigo

COVID-19: Católica produz informativo com dicas para a prevenção do novo coronavírus

06/05/2020 - 9:00 - UCDB

Fonte: Natalie Malulei

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

Como forma de combater o contágio do novo coronavírus, a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) produziu um informativo com dicas importantes que incentivam a prevenção (clique aqui e acesse o conteúdo na íntegra). O material esclarece como funciona a transmissão do vírus e também reúne detalhes sobre as características dele, como quanto tempo sobrevive em cada tipo de material e de que maneira é possível elimina-lo. Veja abaixo algumas informações.

Contágio

O contágio se dá quando o vírus expelido em gotículas por um infectado, entra pela boca, nariz ou olhos de pessoas sadias, atingindo, assim, mais indivíduos. Com apenas um espirro ou simplesmente por meio da fala, há chances de contágio, pois a pessoa ao falar, por exemplo, bate a língua no céu da boca e nos dentes, espalhando gotículas invisíveis com os vírus que saem da boca. Até a respiração do doente pode liberar o vírus no ar.

Tempo de vida do vírus

Ao ar livre, o coronavírus se desidrata, seca e morre — se exposto à luz solar (ao meio-dia), o vírus morre em dois ou três minutos e em tempo nublado ele morre em, aproximadamente, 15 minutos.  Já em itens como papel, madeira, roupas e cabelos, o vírus pode sobreviver por seis horas, caso saia de um doente em um local sem luz solar incidindo diretamente sobre ele, como em lugares sombreados, no interior das residências ou dentro de um veículo. No caso de o vírus cair sobre superfícies lisas, sombreadas e frias, como mármores, azulejos, vidro e metais lisos, o tempo de sobrevivência dele é de 12 horas.

Previna-se quando estiver na rua

Se precisar sair de casa, policie-se para não passar os dedos nos olhos, na boca e nem no nariz. Também é importante usar máscara de proteção e não a tocar na parte da frente com as mãos — o descarte deve ser feito a cada duas horas de uso (se for de pano, troque-a e coloque a usada em um saco plástico para lavar). Ao tocar em maçanetas ou qualquer superfície lisa em que outras pessoas possam ter pegado, higienize as mãos com água e sabão, ou se não tiver essa possibilidade, utilize o álcool em gel 70%.

Cuidados ao voltar para a casa

Hábitos de higiene são as principais armas contra o novo coronavírus. Assim que retornar para a casa, lave as mãos. Não toque em nada e em ninguém antes disso. As roupas também merecem um cuidado especial — sempre que voltar para a casa, retire as que usou e pendure-as num local em que não haja muito movimento. É recomendado lavá-las e mantê-las estendidas por no mínimo 8 horas (lembre-se de que os vírus ficam vivos nas roupas por 6 horas). Os sapatos também devem ser higienizados.

No caso dos cabelos, também é importante lavá-los sempre que retornar da rua e, vale lembrar, que no combate ao novo coronavírus, o shampoo não é muito eficiente por ter um pH quase neutro, então é indicado usar o sabonete que possui pH básico para o qual o vírus possui alta sensibilidade.

Higienize ambientes e superfícies

O vírus é altamente vulnerável a qualquer água sanitária e desinfetante, com destaque ao álcool etílico 70% na forma líquida que também pode ser utilizado para a limpeza de ambientes e superfícies.

Notícias



30/07/2020 - 07:00 - UCDB

Período para transferências e ingresso como portador de diploma está aberto

Interessados devem efetuar o cadastro no site Católica e depois apresentar documentação na Central de Atendimento


29/07/2020 - 10:00 - Graduação

Acadêmicos já podem participar de atividades virtuais de início de semestre

Aulas nos cursos de graduação presenciais de maneira remota começam na segunda