Últimos dias para prestigiar a exposição especial com mais de 4 mil borboletas

23/10/2023 - 8:16 - UCDB

Fonte: Assessoria de Imprensa

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

Últimos dias para prestigiar a exposição especial do Museu das Culturas Dom Bosco, lá na Rua Barão do Rio Branco, 1.811, em frente à Praça do Rádio, com mais de 4 mil borboletas, em comemoração aos 100 anos de nascimento do sacerdote salesiano Pe. João Falco — um dos responsáveis pela criação do hoje conhecido Museu das Culturas Dom Bosco. 

A sala era uma das principais atrações do Museu, pelo qual já passaram mais de 467 mil pessoas — entre elas, o santo católico Papa João Paulo II, em 1991. “Depois da construção da nova sede, no Parque das Nações Indígenas, não foi possível levar todo grandioso acervo para o prédio novo. A Sala das Borboletas permanece praticamente intacta no antigo local, do jeito que Pe. João Falco idealizou e manteve durante todo o período em que trabalhou na construção e consolidação do museu. É com muita alegria que reabrimos o espaço para que a população reveja ou conheça essa rica exposição”, contou o diretor Dirceu Mauricio van Lonkhuijzen.

O Reitor da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Pe. José Marinoni, relembra o relevante trabalho do padre salesiano. “Pe. Falco dedicou sua vida ao Museu. Ele, juntamente com Pe. Féliz Zavattaro, Pe. César Albisetti, Pe. Ângelo Venturelli e tantos outros foram fundamentais para reunir o acervo, catalogar e manter as mais de 80 mil peças. Hoje, temos a oportunidade de homenageá-lo com a reabertura de um espaço tão rico para a cultura do nosso Estado e que já encantou tantas pessoas ao longo das décadas”, afirmou.

Pe. Falco era estadunidense. Passou a infância na França e viveu na Itália. Em 1947, veio para o Brasil e ordenou-se padre em 1952. Em terras brasileiras, conviveu com o povo Bororo e morou às margens do Rio Uaupés, onde começou a reunir peças etnográficas. Era considerado um dos maiores especialistas em museologia no País e faleceu no dia 18 de dezembro de 1996.

Mais acervo

Além dos expositores com os insetos, muitas outras peças significativas para a história do Museu Regional Dom Bosco compõem a exposição comemorativa. Uma das alas que mais encantava as crianças e adultos era a dos animais taxidermizados (empalhados). Algumas das 1.161 peças foram levadas para o novo museu, mas a grande maioria permanece guardada pela falta de espaço. “Temos muitas e muitas peças que não estão expostas. Então, agora, nessa exposição temporária, trouxemos algumas delas para que o público relembre como era o espaço”, explicou Dirceu.

Serviço

Exposição Temporária "100 ANOS - PE. JOÃO FALCO"

Data: até o dia 31 de outubro de 2023

Local: Rua Barão do Rio Branco, 1811, Centro – Em frente à Praça do Rádio Clube

Horário: De segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

Sábado, das 13h30 às 16h30

 

Notícias


04/07/2024 - 12:19 - Mestrados e Doutorados

Católica está com inscrições abertas para programas de mestrado e doutorado

Vagas são para Psicologia, Biotecnologia, Desenvolvimento Local e Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária



02/07/2024 - 08:32 - Graduação

Acadêmicos de Publicidade e Propaganda promovem festa junina solidária

Evento arrecadou produtos de higiene e limpeza para enviar ao Rio Grande do Sul