Pe. Marinoni e professora Cleonice são homenageados pela Assembleia Legislativa e Crie-MS

23/08/2018 - 7:00 - UCDB

Fonte: Natalie Malulei

Pe. Ricardo Carlos e os homenageados da noite

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

 

Por destacarem-se na área da educação superior em Mato Grosso do Sul, dois nomes que ajudaram a construir a história da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) foram homenageados na noite desta quarta-feira (22), no plenário da Assembleia Legislativa. Em uma solenidade, o ex-Reitor da Católica, Pe. José Marinoni, recebeu a Comenda Pedro Pedrossian, e a professora Dra. Cleonice Alexandre Le Bourlegat, a Medalha Darcy Ribeiro.

Na mesma data, outras 13 pessoas também receberam as honrarias e a professora Cleonice fez um discurso em nome dos homenageados. "Em nome de meus colegas agraciados com essa medalha, os nossos mais profundos e sinceros agradecimentos aqueles que nos outorgaram essa honraria pela sensibilidade ao perceber o importante papel que as Universidades exercem na transformação deste Estado em âmbito social, econômico e ambiental. A condecoração é uma forma de incentivar e reconhecer as ações de quem faz parte desse processo. De outro lado, nossa gratidão sincera as nossas universidades, que são também nossas casas, pelo reconhecimento de nossas ações e trajetória na carreira acadêmica, nesse esforço incessante de tentar aprender e gerar conhecimentos visando proporcionar melhorias ao ser humano e a nossa sociedade", agradeceu Cleonice.
 
A cerimônia marcou a primeira vez que as honrarias “Comenda Pedro Pedrossian” e “Medalha Darcy Ribeiro” foram concedidas pelos parlamentares em parceria com o Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (Crie-MS). A solenidade de entrega veio como parte da comemoração do aniversário de um ano do grupo e também do Dia Estadual da Educação Superior em Mato Grosso do Sul (21).
 
Segundo o vice-presidente do Crie-MS e Reitor da UCDB, Pe. Ricardo Carlos, o conselho tem realizado ações para que a educação superior no Estado evolua, cada vez mais. “Cada universidade nasceu e se desenvolveu seguindo seus próprios passos, com particularidades e com pontos em comum. Com as ações do Crie-MS, pudemos perceber que esses pontos convergentes podem nos fortalecer de maneira importante e mostram que a união traz vantagens para todos e, principalmente, para Mato Grosso do Sul. Seja na pesquisa, na extensão, na própria graduação, nas políticas públicas que favoreçam o ensino superior — os grupos de trabalho têm atuado para que as ações se desenvolvam e beneficiem a todos”, pontuou Pe. Ricardo.
 
"É uma satisfação podermos reunir todas as instituições de ensino superior de MS de várias naturezas. O Crie é uma iniciativa inédita em prol do desenvolvimento da educação e sabemos que esse caminho é o melhor para mudar a vida das pessoas. Queremos fazer com que tecnologia, a ciência e a inovação estejam mais perto da população", comentou o presidente do Crie-MS e Reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Fábio Edir dos Santos.
 
Sobre as honrarias
 
A Comenda Pedro Pedrossian é destinada  “a personalidades que tenham prestado relevantes serviços para o engrandecimento do Ensino Superior Sul-Mato-Grossense”. Já a Medalha Darcy Ribeiro é concedida “a personalidades integrantes de carreiras acadêmicas, professores, pesquisadores, técnicos, servidores, funcionários ou dirigentes, em atividade ou não, que tenham prestado relevantes serviços para o engrandecimento do ensino, pesquisa ou extensão nas instituições de ensino superior de Mato Grosso do Sul”. A cerimônia de entrega das honrarias acontece em comemoração ao Dia Estadual da Educação Superior, comemorado hoje (21).
 
Conheça a história dos homenageados da UCDB
 
Pe. Marinoni foi Reitor da UCDB por 21 anos. Foi em sua gestão que as então Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso (Fucmt) deram origem à UCDB, hoje a maior e melhor universidade particular de Mato Grosso do Sul, com mais de 35 cursos presenciais de graduação, 21 cursos a distância, dezenas de pós-graduações Lato Sensu e seis programas Stricto Sensu de mestrado e doutorado.
 
Italiano da província de Fenegrò, Marinoni, de 76 anos, é hoje o secretário executivo da Conferência das Inspetorias dos Salesianos de Dom Bosco do Brasil (Cisbrasil). Está no Brasil desde os 18 anos e aqui cursou Filosofia, Pedagogia e Teologia. Foi ordenado em 25 de julho de 1970. Trabalhou nos colégios salesianos Dom Bosco (Campo Grande), São Gonçalo (Cuiabá) e de Araçatuba (SP), na aldeia indígena em Meruri, além de já ter sido inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso e presidente da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (Anec).
 
A ampla experiência no ensino superior permite uma análise de como a educação está se modificando. “A educação tem de ser pensada de forma diversa, diferente do que hoje está. Se a tecnologia nos coloca diante de uma nova realidade, temos de nos adaptar a ela. Se o mundo está diante de desafios que antes não existiam, a educação deve ser repensada de forma não alheia, mas de acordo com as mudanças tecnológicas, sociais, econômicas, de valores. Antes, a educação era um pilar da sociedade; hoje, ela encontra dificuldades para acompanhar as mudanças tão rápidas”, afirmou.
 
Já professora Cleonice tem 70 anos, é geógrafa formada pela Universidade de São Paulo, e construiu toda sua carreira na educação superior na UCDB. Já são 42 anos dedicados à Instituição, na qual teve papel importante na criação de cursos e no fortalecimento da educação superior. As primeiras aulas foram no curso de Administração, Economia e Ciências Contábeis, mas já assumiu matérias em Agronomia, Zootecnia, Engenharias Mecânica e Macatrônica, além das licenciaturas. Também atuou significativamente em áreas administrativas, como a então Diretoria de Pesquisa e Pós-graduação (hoje Pró-Reitoria), em núcleos como o de Estudos de Família e o de Estudos Ambientais, que daria origem ao primeiro curso de Mestrado da Instituição, o de Desenvolvimento Local, em 2000. Foi responsável pela criação do curso de Turismo, da Área de Relações Internacionais da Católica e pela adesão da UCDB ao mestrado Internacional em Desenvolvimento Territorial Sustentável Erasmus Mundus, que congrega seis universidades renomadas da Europa, África e Brasil. Hoje, dedica-se aos programas em Desenvolvimento Local e Erasmus Mundus.
 
“Tenho consciência de que ajudei a construir a UCDB e me construí nela também; ela está dentro de mim. Em nenhum outro lugar me sinto tão em casa como aqui”, destacou. Ela relembra a experiência que mais a marcou nessas quatro décadas: “Participei da ExpoMilano, em 2015, e conheci de perto a obra de Dom Bosco, na Itália. Foi uma imersão na história salesiana, uma oportunidade única, a qual sou muito grata por ter tido a oportunidade de representar a UCDB e vivenciar tudo aquilo”, disse a docente. Ela é casada com o engenheiro André, mãe de três filhos e tem cinco netos.
 
 

Notícias


04/04/2024 - 09:15 - Esporte

Serc UCDB joga hoje contra Leoas da Serra na Supercopa

Campeonato está valendo vaga na Libertadores de Futsal Feminino



25/03/2024 - 08:38 - Graduação

Acadêmicos e professores participam do Seminário de Residência Pedagógica

Evento foi realizado no auditório do bloco M da Católica