Liturgia Diária

Precisamos ser uma pedra de salvação no caminho do próximo (Mt 17,22-27)

  Talvez você possa assustar com o evangelho de hoje, porque Jesus é o primeiro louvor, exaltando e exaltando a fé de Pedro, mesmo confirmando que ele é a pedra da salvação. Quando Peter pensa como Deus, quando ele tem a mentalidade de um homem de Deus e guiada por revelação divina e professar a sua fé em Jesus: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo", Peter Stone salvação torna-se e de construção, usado para construir o Reino de Deus.

 

  Quando o mesmo Pedro repreende Jesus porque Ele não quer ir através do caminho da cruz, ele está pensando como homens, e pior a pensar como homens, ele está pensando como maligno. É por isso que Jesus o repreende: "Vai longe, satanás! Você é uma pedra de tropeço para mim, porque você não pensa as coisas de Deus, mas as coisas dos homens! "

 

  No Reino de Deus também é assim, podemos ser uma pedra de salvação, porque a pedra da salvação é uma bênção. Queremos atravessar um rio e tem pedra que podemos pisar a andar para a frente, mas se você tiver uma pedra de tropeço, tropeçou, caiu e tragédia é grande.

 

  Precisamos ser uma pedra de salvação no caminho dos homens e da construção do Reino de Deus. Se pensarmos a mentalidade mundana, se negarmos a cruz de Cristo, se não abraçar a Cristo crucificado, se não abraçar a nossa cruz a cada dia, nós nos tornamos uma pedra de tropeço no Reino de Deus, e é triste constatar que estamos correndo muito.

 

  Há muitos obstáculos em nossos caminhos, porque, muitas vezes nos tornamos pedras de tropeço no caminho dos outros, pensar com uma mentalidade mundana, pensar sobre o Reino dos Céus humana e forma mundana, e não com a mentalidade de Deus.

 

  Deus não quer que sejamos pedras de tropeço na vida de ninguém. Vai longe de nós todos os pensamentos do mal, porque precisamos ser uma pedra de salvação no caminho e na vida de nossos irmãos.

 

  Deus te abençoe!