Indique a um amigo

SOS Animais Silvestres passa a ser programa permanente de ajuda e preservação da fauna pantaneira

08/10/2020 - 12:45 - UCDB

Fonte: Gilmar Hernandes

Doações vindas de voluntários do Paraná

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

Em menos de um mês de atividade, a campanha SOS Animais Silvestres, criada em parceria do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV/MS), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) e do Biotério da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), para ajudar a proteger a vida dos animais ameaçados pelas queimadas no Pantanal, se tornará um programa permanente de ajuda e prevenção futura a fauna pantaneira. A ação também é encabeçada pelas comissões estaduais de Animais Silvestres (CEAS) e de Meio Ambiente (Cema), ambas do CRMV/MS.

“Com o sucesso da campanha, estamos montando um programa permanente de ajuda e prevenção animal. Ganhamos um super reforço, contamos com o Instituto Tamanduá, que entrou fortemente nessa parceria para realizar ações emergenciais eficazes pois muitos bichos estão morrendo ou sendo lesionados ao fugir das queimadas”, explica a médica veterinária e bióloga, Paula Helena Santa Rita, responsável técnica pelo Biotério da Universidade e presidente da Comissão Estadual de Animais Silvestres do CRMV/MS.

A bióloga conta que com as queimadas, os animais da base alimentar perdem os alimentos e os que sobrevivem começam a morrer de fome. “Se não houver esse apoio emergencial pós fogo, o número de mortes pode ser ainda pior. No Parque Estadual Nascentes do Taquari, por exemplo, temos uma equipe que mantém esse assistencialismo nutricional. A água lá é riquíssima, mas o recurso alimentar está sendo distribuído”, ressalta a médica veterinária.

Em menos de cinco dias, a campanha “SOS Animais Silvestres” arrecadou montante que possibilitou o primeiro envio aos animais: anestésicos, antiinflamatórios, cicatrizantes e antibióticos. “Ficamos 11 dias no Parque Estadual Nascentes do Taquari onde pudemos, por meio de armadilhas fotográficas, identificar a presença de animais e suas condições físicas. Também sobrevoamos o local com o helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), percorremos a pé e de carro”, conta a Paula Helena. 

Parte dos medicamentos doados também serão utilizados no tratamento de animais  no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) — uma iniciativa que contou com a participação do Hospital Veterinário da UCDB e os projetos de extensão em Castração e em Saúde Pública. 

Um levantamento está sendo realizado por órgãos oficiais para indicar o número de animais que perderam a vida nas queimadas do Pantanal, que já passa de 1,5 milhão de hectares na área de Mato Grosso do Sul.

Segunda Remessa

O projeto ‘Pantanal Urgente’, nasceu em Curitiba (PR), por iniciativa da jornalista paulistana, Martha Toledo, em ajudar de alguma forma os animais e as pessoas que estão no combate ao fogo, contando com a colaboração de vários amigos e parceiros na arrecadação de doações. “Um amigo fez a arte, e começamos passar aos contatos via whatsapp e tomou uma proporção que a gente não esperava. Surgiram parceiros e voluntários para arrecadação, e conseguimos até cestas básicas para ajudar famílias indígenas da região”, destacou Martha Toledo. 

Ela ressaltou que as pessoas se emocionavam quando viam tantas doações. “Diziam que gostariam de estar próximo ajudando, mas essas doações foram a forma que encontramos de estar mais perto”, comemorou.

Em Campo Grande, a entrega desses donativos ocorreu na terça-feira (6) no Biotério da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), por meio de um caminhão furgão da Defesa Civil do Estado do Paraná com os donativos (medicamentos humanos, materiais para curativos, materiais veterinários, materiais de proteção individual, ração, materiais de higiene, alimentos, soro e galões de água mineral) conduzidos pelos bombeiros cabo Andrey Martins e Hederson Liiber. Em breve eles serão encaminhados para equipes na Serra do Amolar, no Pantanal, cujo fogo ainda não está controlado. Dentro de cada embalagem, os combatentes encontrarão cartinhas feitas por crianças em agradecimento pelo nobre trabalho.

Doações em dinheiro podem ser feitas em conta exclusiva para a campanha “SOS Animais Silvestres”: Missão Salesiana CNJP: 03.226.149/0015-87 - Banco do Brasil - agência 2609-3, conta corrente: 6237-5. 

Notícias


19/10/2020 - 08:44 - Graduação

Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial é tema de webinar na UCDB

Transmissão será pelo YouTube oficial da UCDB


16/10/2020 - 07:40 - Mestrados e Doutorados

Plano diretor de Porto Murtinho deve entrar na fase de audiências públicas

Grupo é composto por pesquisadores da UCDB, UFMS e UEMS


09/10/2020 - 12:37 - UCDB

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes realiza 22ª Sipat na terça

Evento traz orientações aos colaboradores da UCDB