Indique a um amigo

Museu das Culturas Dom Bosco promove atividades recreativas e entrada franca no dia 19

17/04/2017 - 01:00 - UCDB

Fonte: Gilmar Hernandes

Museu das Culturas Dom Bosco

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em UCDB

O Museu das Culturas Dom Bosco promove, nesta semana, várias atividades recreativas com a participação de alunos de escolas de Campo Grande em comemoração à Semana do Índio. Na quarta-feira (19), Dia do Índio, a entrada será gratuita para toda a população.

Os visitantes terão a oportunidade de conhecer zunidores da etnia Bororo, totens utilizados no ritual Kuarup, cerâmicas e milhares de outras peças de diversas etnias indígenas do Centro-Oeste e da Amazônia. O acervo de minerais, fósseis e animais taxidermizados (empalhados) da fauna brasileira, em especial do Cerrado, como onça-parda, tamanduá-bandeira, lobo-guará, jacaré, jiboia, pirarucu e casal de emas são outros atrativos do local.

“Durante o Dia do Índio, a população em geral também terá a oportunidade de participar de visita monitorada, o que enriquece ainda mais o conhecimento daquilo que está em exposição, mostrando a diversidade cultural que o Brasil carrega nessa herança histórica do descobrimento”, destaca o coordenador geral do Museu, Dirceu Mauricio Van Lonkhuijzen.

O Museu das Culturas Dom Bosco está localizado na Avenida Afonso Pena, 7000, no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O funcionamento é de terça a domingo (inclusive feriados): das 8h às 16h45, sendo o valor do ingresso R$ 5 (preço promocional de meia-entrada para todos). Crianças até 7 anos, acompanhadas de responsável não pagam. Mais informações pelo telefone (67) 3326-9788 ou acesse o site www.mcdb.org.br.

 

Notícias


26/04/2018 - 08:00 - UCDB

Alunos encantam-se com a Biblioteca durante Dia de Campus

Cursos, projetos e serviços da UCDB foram apresentados aos alunos da EE Arlindo de Andrade Gomes



25/04/2018 - 01:00 - Virtual

UCDB Virtual transmite ao vivo mais um Seminário de Negócios

Palestra pode ser assistida por acadêmicos de todo Brasil por meio do Facebook