Programa de Mestrado e Doutorado em Biotecnologia da UCDB obtém conceito 5 da Capes

28/09/2022 - 16:09 - Mestrados e Doutorados

Fonte: Silvia Tada

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Mestrados e Doutorados

 

Com evolução e bom desempenho no quadriênio 2017-2020, o Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Biotecnologia — Mestrado e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) obteve o conceito 5 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação do Ministério da Educação (MEC). A nota foi divulgada no início deste mês e é comemorada pela comunidade acadêmica, que tem a mesma nota 5 no programa de mestrado e doutorado em Desenvolvimento Local.

Na avaliação dos técnicos da Capes, são inúmeros os pontos de destaque do programa em Biotecnologia. “Em todos os quesitos avaliados, houve crescimento nos índices de indicadores em relação à média da área, quanto a produção científica/tecnológica, em qualidade e quantidade, o que demonstra a consolidação e a excelência do programa”, consta no relatório final enviado à UCDB.

A produção científica dos 12 docentes permanentes, dos quatro colaboradores e dos discentes chega a 77% de concentração no estrato A2 e 89% entre o A1 e A4 — os periódicos científicos são classificados conforme sua relevância e alcance científicos, sendo o estrato A o mais alto entre os conceitos.

Outro destaque é quanto à produção tecnológica, com índices de produção de patentes/docentes próximo da média ou acima. “Destaca-se ainda a participação ativa dos discentes na produção tecnológica (45%), refletindo na alta qualidade das pesquisas, das teses e dissertações. O programa demonstra um viés forte voltado para a inovação e empreendedorismo na formação dos discentes”, apontou a Capes.

A internacionalização foi outro item bem avaliado, já que há participação dos docentes em diferentes programas de cooperação e intercâmbios internacionais, muita mobilidade de estudantes para o exterior.

O programa tem como foco a bioprospecção de moléculas aplicada à agroindústria e sanidade animal. O curso de Mestrado foi criado em 2006 e o doutorado, em 2016. O programa possui três áreas de concentração (Biotecnologia, Biotecnologia Aplicada à Agropecuária e Biotecnologia Aplicada à Saúde) e três linhas de pesquisa.

Planejamento

O atual Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UCDB, Dr. Cristiano Marcelo Espinola Carvalho, coordenou o programa em Biotecnologia antes de assumir a pró-reitoria e foi o responsável por implementar um plano para alcançar novos patamares. “Em 2014, foi dado início a um planejamento estratégico que permitiu um salto na qualidade do Programa que refletiu na ascensão do conceito, que era 3 na ocasião, para conceito 4 no ano de 2017 e conceito 5 nesta avalição, ou seja, uma escalada nos dois processos avaliativos consecutivos da Capes”, destacou.

Cristiano ressaltou o trabalho de todos os acadêmicos: “Este conceito 5 é apenas um dos reflexos do esforço que o corpo docente, técnicos e alunos do Programa efetivaram neste período que permitiram o aumento na captação de recursos financeiros das agências de fomento, com projetos de pesquisa de alta qualidade, permitindo o desenvolvimento de soluções práticas para problemas reais da sociedade, aumento significativo da produção científica e tecnológica, ou seja, artigos, capítulos de livros e registros de patentes, softwares e demais produtos tecnológicos, que colocam a UCDB na 6ª posição nacional em inovação tecnológica. Este conjunto de fatores acaba possibilitando a formação de recursos humanos de alta qualidade não só para o Estado como para o País. Ressalto aqui que o Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da UCDB, com este conceito 5, posiciona-se como o melhor do Estado. Nossos esforços irão continuar, para alcançarmos o conceito 6 na próxima avaliação da Capes”.

O coordenador do Programa, professor Dr. Octávio Luiz Franco, é um exemplo do trabalho de longo prazo desenvolvido para elevar o conceito do programa. “Recebemos a notícia do novo conceito com muita alegria. Isso é resultado de um trabalho que leva muitos anos e começou antes da minha chegada à Instituição. Houve um planejamento e entre eles estava o fortalecimento do corpo docente. Eu e os professores Ludovico Migliolo e Alinne Castro viemos para a UCDB dentro dessa estratégia. Chegamos com o programa com conceito 3, conseguimos o programa de Doutorado com o conceito 4 e agora, chegamos ao 5 e isso é gratificante”, relembrou Octávio, único pesquisador categoria 1A em produtividade do CNPq no Mato Grosso do Sul.

“A melhoria de posição nada mais foi do que o aumento da produtividade científica e tecnológica e um trabalho profissional entre todos os integrantes da equipe. Nosso principal diferencial é ter uma equipe multidisciplinar com um alto nível de produção internacional e uma ótima relação com empresas, que nos ajuda a registrar patentes, licenciamentos — tudo isso leva a Biotecnologia a uma outro nível”, analisou o coordenador.

Notícias


29/11/2022 - 10:51 - Graduação

Acadêmicos de Psicologia desenvolvem trabalhos sobre ética profissional

Atividades foram realizadas dentro de uma disciplina do curso


25/11/2022 - 02:07 - Graduação

Curso de Pedagogia da UCDB promove seminário de estágio supervisionado

Evento ocorreu na quarta-feira (23)


23/11/2022 - 09:00 - Mestrados e Doutorados

UCDB realiza colóquio em Educação

Também haverá o lançamento do e-book 'Sociologia da Infância: possibilidades de voz e ação das crianças e suas infâncias'