Indique a um amigo

Plano diretor de Porto Murtinho deve entrar na fase de audiências públicas

16/10/2020 - 7:40 - Mestrados e Doutorados

Fonte: Gilmar Hernandes

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Mestrados e Doutorados

Pesquisadores da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) estão trabalhando desde o ano passado na elaboração do Plano Diretor de Porto Murtinho, município do Estado que vai dar acesso, por meio de ponte a ser construída, ao corredor rodoviário da Rota Bioceânica, interligando Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, reduzindo o tempo de deslocamento de cargas e melhorando a competitividade das exportações para a Ásia, além de fomentar o turismo. No final deste mês, o resultado do levantamento obtido pelos pesquisadores deve entrar na fase de audiências públicas.

O grupo de pesquisadores das três instituições tem feito reuniões semanais trabalhando indicadores e na leitura do território. “Estamos no processo de compreensão e levantamento de que território é esse, levantando as principais questões pertinentes ao território e suas possíveis soluções que deverão ser discutidas com o município e a participação comunitária. Estamos refletindo o território, nas questões de trabalho, assistência social, saúde, lazer, moradia e principalmente a de urbanização”, explica a professora da UCDB, Luciane Pinho de Almeida, que integra a equipe de trabalho, que conta com outros docentes. 

O plano diretor de Porto Murtinho segue as orientações do guia desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. “Eles têm expectativa de um trabalho modelo em relação ao resultado desse trabalho principalmente por ser uma experiência em uma cidade de fronteira e em plena transformação societária com o corredor bioceânico”, explica.

A professora reforça que são múltiplos olhares, com diversas áreas do conhecimento trabalhando conjuntamente. “É um plano diretor que tem de atender a esses processos de transformação intensiva que a cidade está passando. Por isso é um trabalho articulado entre as universidades potencializando forças e conhecimento em prol de uma comunidade local, regulando as atividades e pensando a cidade como um todo”, completa. O trabalho conta ainda com acadêmicos com bolsistas.

A UCDB, assim como a UEMS – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, a UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), juntamente com as universidades: Universidade Nacional de Assunção (UMA), do Paraguai;  Universidade Nacional de Jujuy, Universidade Nacional de Salta e Universidade Católica de Salta, da Argentina; Universidade de Antofagasta e Universidade Católica do Norte do Chile e Universidade Arturo Prat de Iquique, Chile compõem a  Rede Universitária da Rota de Integração Latino-Americana (UniRila), que trabalha em três eixos de atuação: a internacionalização;  turismo e desenvolvimento; e impactos sociais e suas potencialidades.

Notícias


19/10/2020 - 08:44 - Graduação

Participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial é tema de webinar na UCDB

Transmissão será pelo YouTube oficial da UCDB


09/10/2020 - 12:37 - UCDB

Comissão Interna de Prevenção de Acidentes realiza 22ª Sipat na terça

Evento traz orientações aos colaboradores da UCDB