Indique a um amigo

Doutoranda desenvolve produto para o controle da antracnose em banana

13/05/2021 - 7:28 - Mestrados e Doutorados

Fonte: Gilmar Hernandes

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Mestrados e Doutorados

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Mestrado e Doutorado da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) realizou nesta quarta-feira (12), por meio de videoconferência, a banca de defesa de tese da doutoranda Ana Carolina da Costa Ortiz, com o tema “Aplicações biotecnológicas do fungo Trichoderma piluliferum”, sob a orientação do professor Dr. Cirano José Ulhoa (UCDB) e coorientação da professora Dra. Francilina Araújo Costa (UCDB).

“Os fungos do gênero Trichoderma já são conhecidos por sua capacidade de realizar controle biológico de algumas doenças de importância agronômica e pela produção de enzimas de degradação de biomassa. O objetivo do meu trabalho foi identificar se uma cepa de Trichoderma não estudada ainda poderia atuar no controle da doença antracnose que afeta bananas e também estudar a enzima xilanase produzida por ele”, explica a doutoranda.

Ela ressalta que, com a pesquisa, conseguiu desenvolver um produto a base de metabólitos de Trichoderma para o controle da antracnose em banana e que o pedido de patente já foi depositado junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). “Também conseguimos purificar a xilanase e fazer toda a caracterização bioquímica da enzima, ela se mostrou ser do tipo endoxilanase, enzima capaz de liberar xilooligossacarideos (xos) através da hidrólise de xilana. Os xos têm papel prebiótico e podem ser usados na saúde humana e animal”, completa.

Além do orientador, a banca examinadora foi composta pelos professores Dr. Ludovico Migliolo (UCDB), Dra. Valdirene Neves Monteiro (UEG) e a Dra. Maria Rita Marques (UFMS). 

E para quem ficou interessado no Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Biotecnologia — Doutorado da UCDB, ele é oferecido em fluxo contínuo. São três linhas de pesquisa: bioprospecção de princípios ativos, genes promotores e vetores de expressão; biotecnologia aplicada à agropecuária; e biotecnologia aplicada à saúde humana e animal. O edital completo pode ser acessado aqui. Mais informações pelo telefone (67) 3312-3768.