Indique a um amigo

Secretário destaca participação da UCDB no enfrentamento à Covid-19

26/11/2021 - 11:56 - Graduação

Fonte: Gilmar Hernandes

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Graduação

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, em palestra para acadêmicos no último dia 26, destacou a participação efetiva da Universidade Católica Dom Bosco com diversas ações no enfrentamento à covid-19 desde o início da pandemia. Ele foi recebido pelo Reitor da Instituição, Pe. José Marinoni, antes do início do evento.

“Quero agradecer a UCDB, assim como já fiz na presença do Reitor, por nos atender de pronto quando pedimos espaços, como a instalação do drive-thru e do centro de testagem da covid-19. Além dos espaços, a Universidade também assumiu custos para manter o funcionamento. Minha eterna gratidão por esse esforço”, destacou o secretário.

Ele destacou ainda a preparação do governo desde o início do ano passado, sendo o primeiro Estado a criar um comitê de enfrentamento à crise. “Conseguimos construir leitos em cidades do interior que há muito tempo não tinha, além de readequar profissionais. Vamos deixar a saúde em melhor qualidade com os leitos criados”, enfatizou Resende.

A Pró-Reitora de Graduação e Extensão, professora Rúbia Renata Marques, agradeceu o trabalho do governo estadual durante a pandemia e a parceria dos alunos. “As nossas tomadas de decisão aqui na Universidade sempre dependiam das decisões do Estado e do município. E, enquanto Universidade, entendemos o importante papel que podemos fazer para a diferença na vida das pessoas. Arregaçamos nossas mangas e trabalhamos como podíamos. Desde o início de 2020, fizemos diversos trabalhos para atender a comunidade, como atendimentos na Clínica-Escola de pós-covid de fisioterapia, teleatendimento psicológico, projeto de extensão de Publicidade e Propaganda para atender pequenos comerciantes, atendimento jurídico do Nuprajur por telefone, entre tantos outros”, pontuou.

O empenho dos acadêmicos e dos colaboradores da Católica também foi destacado pela coordenadora do curso de Enfermagem, professora Débora Cardozo. “Quero agradecer aos nossos acadêmicos, pois mais de 350 alunos contribuíram para a vacinação no drive-thru, e de nossos funcionários, que deixaram a família em alguns fins de semana para trabalhar em prol da população a ser imunizada. Nossos acadêmicos trabalharam a todo momento, desde o período de triagem da doença e continua contribuindo até hoje”, disse a professora.

Para o secretário, o Estado ter virado referência nacional durante oito meses por ser o que mais aplicou o imunizante é motivo de orgulho para cada sul-mato-grossense. “A realidade de Mato Grosso do Sul só mudou com o avanço da vacinação. Hoje, temos 70% da população vacinada com as duas doses e nosso desafio é outro, fazer com que aquelas pessoas não adeptas a tomar vacina possam se imunizar. Também estamos cobrando o Ministério da Saúde para podermos imunizar nossas crianças de 5 a 11 anos”, completou o secretário.