Indique a um amigo

Egressa da UCDB fala sobre Lettering para acadêmicos de Design

04/04/2018 - 09:00 - Graduação

Fonte: Michele Moraes

Marina Tonon conversou com os acadêmicos em uma das salas de aula do bloco B

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Graduação

A arte de desenhar letras combinando formas projetadas com um propósito específico — esse é o Lettering, uma técnica de comunicação gráfica. Por ser um assunto em alta, o tema foi trazido em uma palestra voltada para acadêmicos de Design da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) na noite de segunda-feira (2).

Para conversar com os graduandos foi convidada a artista, especialista em Lettering, e egressa do curso de Publicidade e Propaganda da Católica, Marina Tonon. Atualmente, ela mora em São Paulo, veio para Campo Grande ministrar um curso e aproveitou a oportunidade para expor aos alunos a trajetória vivenciada no mercado de trabalho desde a graduação.

Durante a palestra, a artista explicou a diferença entre tipografia e caligrafia, além de como se dá todo o processo criativo para a elaboração de uma nova fonte. No caso de Marina, ao contrário de muitos profissionais da área, ela opta por fazer à mão e no papel todas as artes tipográficas: “Assim fica mais fácil você provar que a arte é sua, se alguém alegar cópia de uma tipografia que já existe. Esse cuidado é importante, pois nessa profissão é muito fácil encontrar alguém que quer tirar vantagem da sua arte, mas ainda assim é algo feito com muito amor”.

Direitos autorais e a divulgação da arte pela internet também foram dois temas abordados por Marina. Ao basear-se nas próprias experiências vividas, ela contou que existem problemas para defender a própria produção e reforçou que é preciso ter esse cuidado.

“As pessoas acham que só porque está na internet é de direito público, mas não é assim que funciona. A internet serve para divulgar o seu trabalho, mas não para as empresas saírem usando sem permissão ou sem um pagamento adequado. Algumas vezes não tem como evitar, mas todo artista, quando acontece esse tipo de coisa, sempre deve lutar pelo seu reconhecimento”, pontuou Marina.

Apesar deste cenário, ela enfatizou que as redes sociais são essenciais para alguém que quer trabalhar com arte em geral, pois são nessas redes que os artistas constroem os portfólios. Marina ainda falou sobre licenciamento e compras de fontes de outros artistas e os problemas causados quando elas são baixadas de forma ilegal e usadas para fins comerciais.

Texto sob supervisão de Natalie Malulei.

Notícias


11/07/2018 - 11:00 - Extensão

Curso de extensão aborda prática clínica e relação entre terapeuta e paciente

Capacitação é voltada para acadêmicos de Psicologia


10/07/2018 - 09:00 - Especialização

Quatro cursos de especialização oferecidos pela UCDB estão com matrículas abertas

Aulas iniciam-se no final desse mês e em agosto


09/07/2018 - 09:00 - Extensão

“O poder da ação” é tema de capacitação promovida pela Católica

Inscrições para participar do curso já estão abertas