Indique a um amigo

Artigo: Procrastinação — Rotina de estudos a distância em tempos de pandemia

19/11/2020 - 10:55 - Artigo

Fonte: Andrea Sumiko Mishima, Elisangela Cristina Silva de Souza e Keila Santos Cardoso*

Veja as últimas notícias da UCDB para você que está interessado em Artigo

 

A pandemia pegou todos de surpresa e o que pensávamos que duraria um mês já se estende por quase o ano inteiro... Dentre as adaptações que tivemos de adotar está o ensino a distância, que eliminou a preocupação com o deslocamento até a escola ou universidade, o trânsito, chegar a tempo de responder à chamada. E os alunos perceberam que sobrava tempo para se dedicar a outros afazeres ou poderiam assistir às aulas no horário que quisessem. No entanto, com o tempo, as atividades, trabalhos e provas foram chegando e o estudante se deu conta de que não assistiu nenhuma aula ou viu somente aquilo que conseguiu. E como ficou a história de que estudar em casa, sem ter os empecilhos de que ocorrem em nosso cotidiano?

Será que é por que não temos tempo para nos organizar ou por que criamos motivos para não colocar em prática algumas atividades? Muitas vezes, desafios com resultados de médio a longo prazo podem provocar a sensação de que temos um grande período para concluir, o que leva à chamada “procrastinação”, ou seja, o comportamento de deixar para depois.

Sabemos que nem sempre é fácil manter o foco em nossas tarefas devido às distrações que podemos ter em casa. Mas aqui, o que queremos trazer é como você pode perceber o momento em que está procrastinando e as ações para reverter isso.

Se você for um procrastinador de carteirinha, sabe como é o pânico de ver uma atividade atrasada e ter que correr contra o relógio para concluir aquele compromisso. Você sabia que pessoas procrastinadoras são mais propensas a ficarem doentes e terem insônia pelo estresse de correr atrás da resolução de suas atividades? Então, se liga nessas dicas!

Primeiro: Priorize. Priorizar te ajuda a compreender o que é realmente importante estudar naquele dia. Não adianta colocar todo o conteúdo em dia. Não será um estudo de qualidade. E, também, não adie atividades porque você ainda tem tempo, se não for ter um bom motivo para isso.

Segundo: Listas. Faça listas de suas atividades e observe quais são as disciplinas que você tende a procrastinar. Compreenda porque você adia a realização das atividades: não gosta da disciplina, não compreende o conteúdo ou pensa que é muito tempo para estudá-la? Isso são pensamentos que contribuem para o seu comportamento de procrastinação. Mapear isso te ajudará a pensar em estratégias do que te impede de se organizar em seus estudos.  

Terceiro: Entenda o que te faz procrastinar. Quando estamos em casa, podemos estar envoltos em várias distrações cotidianas, desde a família, redes sociais, cama ou até mesmo insegurança sobre o conteúdo. E se você faz parte do time que ainda trabalha, pode pensar que está se sentindo sobrecarregado e que negligenciar os estudos para ter um bom descanso é a hora.

Se você não procrastinou a leitura deste texto, parabéns! E lembre-se: a mudança da procrastinação é algo que pode levar tempo. Então, tenha disciplina. Só assim, é possível modificar os nossos hábitos. Identificar o que nos faz procrastinar e começar a priorizar o que é importante para o acompanhamento nos estudos é o que vai fazer você ter sucesso na sua mudança de hábitos. Dica final: Você não está sozinho nisso! Chame os seus amigos e colegas para estudarem juntos com você. Grupos de estudos em videoconferência já estão virando tendência. Bons estudos! 

 

 

*Andrea Sumiko Mishima, Elisangela Cristina Silva de Souza e Keila Santos Cardoso são acadêmicas de Psicologia da UCDB.

 

Notícias


30/11/2020 - 10:14 - Vestibular

Inscreva-se no Vestibular UCDB e concorra a bolsas de estudos

Promoção é válida para alunos de escolas públicas e privadas que vão cursar a primeira graduação



27/11/2020 - 12:00 - Extensão

Palestra Oportunidades de cooperação Brasil-Portugal encerra encontro de iniciação científica

Evento terá início às 14 horas com transmissão pelo YouTube oficial da UCDB