Liturgia Diária

Recebamos Maria em nossa casa (Mt 1:18-25)

  Não há presença de Jesus no meio de nós sem a presença de Maria, a Mãe que O gerou e O trouxe até nós. Maria é a portadora de Deus, a portadora do Verbo divino. Ela é a primeira que colaborou de forma plena e total com o desígnio salvador de Deus, que é a encarnação de Jesus no meio de nós.

 

  Humanamente, não é fácil de entender nem compreender, porque os desígnios divinos estão além da nossa compreensão humana, nem mesmo José entendeu. Até José ficou confuso, meio perdido sobre o que aconteceu, o que se realizava em Maria.

 

  É por isso que o anjo se manifesta a José dizendo: “Não tenha medo, porque o que se realiza em Maria é ação do Espírito, por isso não tenha medo de recebê-la”. Para recebermos Jesus em nós, não podemos ter medo de receber Maria nem de amá-la.

 

  Amar Maria é pecado? Que pecado Deus pode ter cometido? Porque Ele foi o primeiro que a amou profundamente e quis, inclusive, fazer morada nela. Amar Maria é amar os desígnios de Deus que se manifestam no ventre dela. Não tenhamos medo nem receio.

 

  José a recebeu em sua casa. Receba Maria em sua casa, em sua vida. Muitos podem pensar: “Eu não preciso dela, eu vou direto a Deus”. Entretanto, Deus não veio direto a nós, Ele veio a nós por meio dela. Foi Deus quem escolheu esse caminho, é claro que poderia ter sido outro caminho, Deus é Deus e Ele tudo pode, nada é impossível para Ele. Mas Deus escolheu a mediação humana, e essa mediação tem nome, é a Virgem Maria. E nós nos voltamos agora para Deus e a mediação humana da dureza, da humildade, da entrega de Maria; é um caminho mais do que abençoado para chegarmos a Deus.

 

  Eu recebi Maria em minha vida, ela me ensinou e ensina-me todos os dias a ser de Deus, a amá-Lo, a abrir meu coração para que Ele faça morada em mim, como habitou nela. Maria é aquela que faz de nós presépios vivos, não faz de nós apenas seres decorativos no processo divino salvífico. Maria nos aponta o caminho e a direção para amarmos a Deus sobre todas as coisas.

 

  Recebamos Maria em nossa vida, na nossa casa, e ela nos apontará a direção do Céu.

 

  Deus abençoe você!