Indique a um amigo

Objetivos do Programa

O objetivo geral do Programa é formar docentes e pesquisadores qualificados para o ensino e para a investigação dos processos de saúde contemporâneos por meio da análise de diferentes práticas, discursos e instituições contribuindo, assim,para a produção de conhecimentos e de estratégias de intervenção no campo da Psicologia da Saúde como uma ênfase da ciência psicológica.

Em termos específicos, a perspectiva acadêmico-científica do Programa valoriza o diálogo interdisciplinar que se explicita na constituição de seu corpo docente, no acolhimento de acadêmicos com diferentes formações, na organização curricular e nas produções decorrentes das pesquisas, dissertações e teses. Busca-se, assim, criar e manter articulações com outros campos de conhecimento, a fim de enriquecer a área da Psicologia da Saúde.

Nesse aspecto, cabe enfatizar que a área aglutina estratégias que possibilitem respostas a uma nova forma de pensamento em saúde, desdobrando o clássico esquema das enfermidades mentais, à projeção da Psicologia da Saúde frente à promoção de saúde, prevenção de doenças e agravos à saúde, diagnóstico, tratamento, reabilitação, bem como a análise de sistemas de saúde, determinantes sociais de saúde e adoecimento, articulação intersetorial, que possam satisfazer as demandas e necessidades de nossas populações especialmente dentro do campo das Políticas Públicas. Propõe atender a temas relevantes no plano regional, nacional e internacional, com pesquisas que contemplem a relação entre Psicologia e determinantes sociais de saúde e adoecimento, vulnerabilidade social (tais como populações indígenas, ribeirinhas, sem terra, dependentes químicos, etc), políticas públicas e sociais (saúde, assistência social, educação, segurança, trabalho) meio ambiente/ecologia, aspectos étnicos e de gênero.


Perfil do Egresso

O objetivo do Programa em formar pesquisadores qualificados para o ensino e para a investigação dos processos de saúde contemporâneos, tem formado um perfil de egresso voltado para um profissional apto a investigação e ensino de diferentes práticas, discursos e instituições articulados à saúde.

O perfil permite que o egresso seja capaz de articular um diálogo interdisciplinar e intersetorial, que operacionaliza estratégias que possibilitem respostas a uma nova forma de pensamento em saúde, ampliando o escopo da Psicologia da Saúde para a promoção, prevenção e proteção em saúde, que possam satisfazer as demandas e necessidades de nossas populações especialmente dentro do campo das Políticas Públicas. O profissional formado pelo Programa caracteriza-se por uma concepção articulada da saúde com as necessidades sociais da população.

Isto significa um profissional voltado para temas relevantes no plano regional, nacional e internacional, que contemplem temas relevantes entre Psicologia e determinantes sociais de saúde e adoecimento, vulnerabilidade social (tais como populações indígenas, ribeirinhas, sem terra, dependentes químicos), políticas públicas e sociais (saúde, assistência social, educação, segurança, trabalho) meio ambiente/ecologia, aspectos étnicos e de gênero.


ACORDOS INTERNACIONAIS

1) Université de Limoges-França (Rede ALEC);

2) Universidad de Sonora-México, através do Centro de Investigación en Alimentación y Desarrollo;

3) Universidad de San Buenaventura- Colombia;

4) Universidades Salesianas (Rede IUS Internacional);

5) University of Akron, Ohio-USA;

6) Universidade de Guadalajara, México;

7) Universidade do Porto, Portugal;

8) Universidade Portucalense Infante D. Henrique, Portugal;

9) Universidade de Salamanca, Espanha,

10) Utah State University, Logan-Utah (USA). 


Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (Procad)

EDITAL PROCAD – NF N° 08/2008 - Formação em Psicologia e Políticas Públicas em Saúde: prevenção de doenças e promoção da saúde (UCDB e PUC-RS)

EDITAL PROCAD - N° 071/2013 - Identidade e vulnerabilidade humana em contextos da Região Centro-Oeste do Brasil (USP/RP, UCDB e PUC-GOIAS)


Grupos de Pesquisa (CNPq)

Grupo de Pesquisa em Autismo e Análise do Comportamento - Líder: Prof. Dr. André Augusto Borges Varella

Grupo de Pesquisa Translacional em Saúde Mental - Líder: Prof. Dr. André Barciela Veras

Psicologia, Direitos Humanos e Subjetivação - Líder: Profa Dra Andrea Cristina Coelho Scisleski

Modelos histórico-epistemológicos e produção de saúde - Líderes: Prof. Dr. Márcio Luís Costa e Profa Dra Anita G. Bernardes 

Equoterapia Teoria e Técnica - Líder: Profa Dra Heloisa Bruna Grubits

Grupo de Estudos e Pesquisas Educação e Diferenças Culturais - Líder: Prof. Dr. José Licínio Backes

Laboratório de Saúde Mental e Qualidade de Vida no Trabalho - Líder: Profa Dra Liliana Andolpho Magalhães Guimarães

Grupo de Estudos e Pesquisas em Teoria Sócio-Histórica, Migrações e Gênero - Líder: Profa Dra Luciane Pinho de Almeida

Grupo de Estudos e Pesquisas em História da Psicologia (GEPeHP) - Líder: Prof. Dr. Rodrigo Lopes Miranda

Grupos de Criança: Identidade, Avaliação e Psicoterapias - Líder: Profa Dra Sonia Grubits