Indique a um amigo

HISTÓRICO

O Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária, PPGCASA, de caráter interdisciplinar, agrega pesquisadores da Universidade Católica Dom Bosco, UCDB e de outras instituições do Estado, com experiência nas áreas de ciências ambientais e de produção agropecuária sustentável e saúde. A criação desta se deu após a constatação da carência de profissionais e de pesquisas no estado destinados ao desenvolvimento sustentável do agronegócio, com abrangência do setor produtivo, e especial preocupação com o meio ambiente, visto que o Estado abrange cerca de 75% do Pantanal e explora sobremaneira o setor agropecuário em grandes propriedade. Ressalta-se assim a necessidade de formar jovens pesquisadores, como Mestres e Doutores, de alto grau de formação acadêmica com o foco em sustentabilidade ambiental e agropecuária sustentável, o que se tornou prioridade da proposta.
A avaliação dessa situação deu origem à proposta de Programa de Pós-graduação, na área de concentração Sustentabilidade Ambiental e Produtiva, aprovado na CAPES em 2012. Como a proposta era interdisciplinar com abrangência do setor do agronegócio sustentável, professores externos a UCDB foram adicionados ao quadro de pesquisadores permanentes e colaboradores. Assim, pesquisadores da EMBRAPA (CNPGC e Pantanal), Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, UFMS, Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Universidade Anhanguera Uniderp (UNIDERP) foram incluídos no programa. Alguns dos professores foram inseridos no momento do envio da proposta e outros posteriormente e durante a consolidação e amadurecimento do programa. Essas alterações têm proporcionado o aumento de grupos de pesquisa, sempre observando o equilíbrio das duas linhas de pesquisa: Agronegócio e Produção Sustentável e Saúde, Ambiente e Sustentabilidade.
O Programa de Pós-Graduação visa assim à formação de professores, pesquisadores e profissionais na área das Ciências Ambientais, Agrárias, Biológicas e ciências afins. Busca a integração entre a Graduação e a Pós-Graduação, articulando-se com os cursos de Bacharelado e Licenciatura das áreas afins às Ciências Ambientais, Agrárias e Biológicas por meio do ensino, pesquisa e extensão.


INFRAESTRUTURA

O “Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária” possui laboratórios recentemente construídos e projetados de acordo com as normas de segurança e infraestrutura necessária para as disciplinas práticas e pesquisas. 
Existe uma infraestrutura exclusiva para o Programa, com 10 salas para docentes e duas salas equipadas com computadores para os alunos. Além dessa estrutura, parte dos professores e discentes do Programa estão localizados na Fazenda Escola da UCDB, nos laboratórios do Centro de Tecnologia e Estudo do Agronegócio (CeTeAgro), onde estão disponíveis três salas para professores e três salas para alunos, com três mesas e computadores em cada uma. O CeTeAgro abriga dois professores permanentes do Programa, três professores bolsistas de pós-doutorados, três alunos do curso de Doutorado e dois do curso de Mestrado com presença integral, além de outros em tempo parcial. 
Além das salas de estudo, o Programa dispõe de muitos Laboratórios para pesquisa e de espaço para experimentos, tais como a Fazenda-escola, que comporta os setores produtivos focados no Programa (bovinocultura de corte, de leite, ovinocultura, caprinocultura, avicultura, piscicultura, apicultura, forragicultura e pastagens, capineiras, fruticultura, olericultura, entre outros). Esses espaços são utilizados também pelos cursos de graduação de Agronomia, de Zootecnia, Biologia e Veterinária. A Fazenda-escola conta com 40 hectares de lavouras anuais, dois hectares de lavouras permanentes, 105 hectares de pastagens, 40 hectares de Reserva florestal e área construída com infraestrutura administrativa e de laboratórios de quatro hectares, totalizando 189 hectares a uma distância de apenas 1.500m da UCDB. 
São cultivadas no verão as lavouras de milho, mandioca, sorgo, trigo, soja e arroz de sequeiro; no inverno, as culturas de feijão, aveia preta e adubos verdes, sendo o feijão cultivado em regime de irrigação suplementar por aspersão. Também são cultivadas culturas perenes, com destaque para as frutíferas (laranja, banana, maracujá, abacaxi, uva) e café. O setor de olericultura ocupa uma área de meio hectare, onde são cultivadas anualmente, em regime de irrigação por aspersão e sulcos de infiltração, cerca de trinta diferentes espécies olerícolas. 
As áreas ocupadas com pastagens totalizam 105 hectares, onde são predominantes as espécies de Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu, Panicum maximum cv. Massai. Também está implantada em uma área de dois hectares uma capineira contendo cana-de-açúcar e capim-elefante.

 

Fazendas-Escola
A Fazenda-Escola da UCDB está situada a 2km do campus. Tem como função principal, servir de campo para o Ensino, Pesquisa e Extensão. O objetivo desta é proporcionar oportunidades de ensino aos alunos de Graduação dos Cursos de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia da UCDB, oferecendo vivência prática das situações profissionais a serem enfrentadas durante a vida profissional. Conta com laboratórios para aulas práticas, sala de aula, setores de agricultura, olericultura, fruticultura, plasticultura, silvicultura, forragicultura, piscicultura, bovinocultura, ovinocultura e avicultura, que servem para ministrar aulas de diferentes disciplinas. E ambientes protegidos, estufas e casas-de-vegetação, ambientes totalmente ou parcialmente controlados.
A universidade possui mais duas fazendas de ensino e pesquisa em Campo Grande e uma em Corumbá (região do pantanal). Nesses locais, os alunos de graduação e pós-graduação desenvolvem atividades de pesquisa extensão e ensino.

 

Bloco Biossaúde (Laboratórios):
O espaço físico de cada laboratório é de 90,00 m², todos climatizados. Conta com serviço de limpeza diária, com mobiliário e aparelhagem específica, de acordo com as normas laboratoriais. Para a conservação dos equipamentos, a UCDB possui uma equipe própria para os atendimentos rotineiros e contratação de serviços externos no caso de atendimentos especializados. Os materiais de consumo, em particular para as aulas práticas, são solicitados semestralmente pelos docentes responsáveis pelas disciplinas e são mantidos em estoque no almoxarifado geral da instituição, ou no almoxarifado do Biossaúde em condições tecnicamente adequadas. Atualmente, nesse bloco, existem 31 laboratórios, que atendem as aulas práticas de todos os cursos da Instituição. Os que atendem o Programa de Pós-graduação de Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária são:
• Química I / Saneamento: equipamentos disponíveis: 01 B.O.D. Track (HaCH), 01 Balança analítica (BEL MARK), 01 Balança semianalítica (BEL MARK), 02 Balcões granito no meio da sala c/ 2 unidades, 04 Balcões granito no meio da sala c/ 4 unidades , 01 Banho-maria com circulação (MARCONI), 01 Bomba a vácuo (TECNAL - TE 058), 01 Co. reactor (HACH), 02 Conductivity, 01 Clorímetro (MS TECNOPAM), 01 Deionizador (PERMUTION), 01 Deionizador (J PROLAB), Destilador (BELEO), 01 Espectrofotômetro (CELM), 02 Estufas de esterilização (QUIMIS R), 01 Extrator de lipídio (Marconi), 01 Fluxo laminar Vertical (PACHANE), 01 Incubadora de B.O.D. (NOVA ÉTICA – 411 D), 02 Muflas (EDG - 3P-S), 02 Misturadores Milan (MODELO 101), 01 Nessler quanti 200 (POLICONTROL), 01 Phmetro (MARCONI), 01 Phmetro (MARCONI CA 150), 01 Phmetro tec 2 (TECNAL), 01 Phmetro tec 2 (MS TECNOPAM), 01 Phmetr (QUIMIS), 01 Pipetador automático (BRONDI), 01 Refrigerador (ELETROLUX - R 310), 01 Turbidímetro (POLICONTROL), 02 U. 810 (ORIO THERMS), 01 Estufa de esterilização, 01 Banho-maria, 01 Oxtop indutive stirring (série 73281036).
• Química II - Orgânica/ Inorgânica e Geral: equipamentos disponíveis: 02 Agitadores (Fisaton 712), 01 Balança Analítica (Explorer Ohaus), 01 Balança digital (Gehaka BG 2000), 01 Banho-maria pequeno, 01 Bomba de Vácuo (Nova Técnica), 04 Chapas aquecedoras (Nova Ética), 01 Espectrofotômetro (Analyser 800), 02 Mantas aquecedoras (Fisaton Mod. 102), 07 Mantas aquecedoras, 01 Mesa agitadora (Tecnal TE 140) 01 Phmetro (Tecnal TEC 2), 01 Placa aquecedora (Nova Ética), 01 Refrigerador (continental 270), 01 km máquina para tampar frasco (254).
• Química III / Analítica A 005: equipamentos disponíveis: 02 Balanças analíticas (AG 200 Gehaka Tecnal), 01 Agitador de tubos (Phoenix), 01 Balança semianalítica (Marte), 23 Bancos de madeira, 01 Banho-maria (Fanem), 01 Banho-maria (CELM), 01 Bomba de vácuo (Nova Ética), 01 Centrífuga (Benfer) 01 Chapa aquecedora (Marconi), 01 Destilador de água (Quimis), 01 Espectrofotômetro (Mod. Helios Aquamate), 01 Estufa para esterilização (J. Prolab Mod. SE3), 01 Estufa (Tecnal), 01 Macrocentrífuga (Benfer), 02 Muflas (Tecnal EDG 3P-S), 01 Phmetro (Tecnal).
• Química IV – Bioquímica: equipamentos disponíveis: 01 Banho-maria (Fanem), 01 Banho-maria com aquecimento (Tecnal), 01 Bomba de vácuo (Nova Técnica), 01 Capela de exaustão, 01 Centrífuga (Tomy Seiko), 01 Chapa aquecedora (Marconi), 01 Diluidor (Bio Eng.), 01 Estufa para esterilização e secagem ( Tecnal), 01 Geladeira 270L (Continental), Hemoglobinômetro (Bio Eng.), Microcentrífuga capilar (Evlab), 01 Microcentrífuga para eppendorf (Fanem).
• Farmacobotânica I – Farmacognosia: equipamentos disponíveis: 01 Balança semianalitíca (Gehaka BG2000), 01 Balança semianalitíca (Denver Instrument), 01 Banho-maria (Tecnal-056), 01 Bomba de vácuo (Tecnal), 01 Bomba de vácuo (Tecnal), 01 Câmara climática (Marconi), 02 Câmaras de UV, 03 Chapas aquecedoras (Fiseton), 03 Chapas aquecedoras (Marconi), 01 Estufa de circulação e renovação de ar (Marconi), 01 Evaporador rotativo (Tecnal), 01 Liquidificador (Walita), 01 Liquidificador de metal (Skymsen), 01 Lupa (Labstore), 05 Mantas aquecedoras (Q-32/A14), 01 Manta aquecedora (Glas-col), 03 Mantas aquecedoras (Quimis) 01 Manta aquecedora (Fisaton), 01 Mesa agitadora (Fisaton), 02 mesas agitadoras (Tecnal), 01 Phmetro ( Tecnal), 01 Refrigerador (Continental 270), 01 Refrigerador (Cônsul), 01 Ponto de fusão (Gehaka), 01 Moinho tipo willye (Tecnal).
• Farmacobotânica II/Botânica: equipamentos disponíveis: 01 BOD (TE 391 TECNAL), 01 Capela de fluxo laminar vertical (PACHANE), 01 Chuveirão, 01 Estufa cultura (QUIMIS), 01 Germinador de semente (J. PROLAB), 01 Germinador de semente (D e LEO), 01 Lava olhos, 03 Lupas (NIKON), 26 Microscópios (ZEISS).
• Laboratório de Microscopia I – Histopatologia: equipamentos disponíveis: 01 Câmara digital da TV (ECD), 01 Câmera de Germinação (Tecnal), 01 Lupa com máquina fotográfica (Zeiss), 01 Lupa (Taimim), 20 Microscópios (Nikon Eclipse E 200), 01 Microscópio (Zeiss), 01 Microtome knife sharpender (AO. American Optical), 01 Televisão 14" (Philips), e 02 Microscópios (Olimpio).
• Laboratório de Microscopia II – Parasitologia: equipamentos disponíveis: 01 Balança (Marte), 01 Centrífuga microprocessadora (Quimis), 05 Fontes de luz - Fibra ótica (Nikon II), 07 Lupas (Nikon SM), 01 Lupa com fonte de luz (Spectrum), 10 Microscópios (Nikon Eclipse EZ 00), 01 Refrigerador (Continental 270), 04 Microscópios (Taimim), 01 Banho-maria (Fanem), e 01 Incubadora BOD (Marconi MA 415).
• Laboratório de Microscopia III – Citologia: equipamentos disponíveis: 01 Aparelho de televisão (Sharp 20"), 02 Lupas (Nikon), 01 Microcâmera (Evlab Sistema CCD), 14 Microscópios (Nikon) e 01 Refrigerador (Continental RC26).
• Laboratório de Bromatologia: equipamentos disponíveis: 01 Agitador de tubos (Tecnal), 01 Agitador magnético (Tecnal TE-085), 01 Balança analítica (Marte), 01 Balança analítica (Analytical Standard Ohause AS 200), 01 Banho-maria (Marte), 01 Bloco Digestor (Marconi Mod. MA 400), 01 Bloco Digestor de fibras (Marte), 01 Bomba a vácuo (Tecnal), 01 Capela de exaustão (Permution), 01 Centrífuga (Fanem), 02 Destiladores de Nitrogênio ( Tecnal), 01 Determinador de açúcares redutores (Tecnal), 01 Deionizador (Permution), 01 Digestor de proteínas (Marconi), 01 Equipamento a vácuo (Marconi), 01 Espectrofotômetro (Femto 482), 02 Estufas para esterilização e secagem (Marte Odontobrás EL 003), 01 Extrator de lipídeo (Marconi), 01 Mufla (Fornitec / Coel VL 1400), 01 Phmetro (Tecnal / TEC – 2), e 01 Refrigerador (Continental RC Elegance 258l).
• Laboratório de Tecnologia de Alimentos: equipamentos disponíveis: 01 Aparelho para massas (Lieme Mod. ML 220 SL), 01 Batedeira (Walita), 01 Cooler (Metivisa), 01 Defumador caseiro (Defumax), 01 Selador para saco plástico (R. Baião), 01 Enchedor de linguiça (Picelli), 01 Estufa de circulação (Marconi), 01 Estufa de cultura (Fanem 502), 01 Fogão 4 bocas (Dako), 01 Fogão industrial 4 bocas (Venâncio), 01 Freezer (Panam/Reubly), 01 Fritadeira (Tedesco), 01 Liquidificador industrial (Poli), 01 Liquidificador industrial (Skymsen), 01 Misturador rápido (Lieme MR 07), 01 Moedor de carne (C.A. F Mod. 9), 01 Picador de legumes (Panam), 01 Processador Mega Máster (Walita), 01 Refrigerador (Cônsul 300), e 01 Super Forno (Ciclone Venâncio).
• Laboratório de Microbiologia I: equipamentos disponíveis: 01 Agitador de Kline (Benfer), 01 Agitador de tubos (Marconi), 01 Agitador de tubos (Tecnal), 01 Balança semianalítica (GEHCA BG 2000), 01 Banho-maria (Quimis), 01 Capela Fluxo Laminar Horizontal, 01 Capela Fluxo Laminar Vertical (Pachane), 01 Contador de colônias (CP 600), 01 Deonizador (Permution), 01 Bidestilador de água (Mod. MA 078), 02 Estufas de Cultura (Fanem Mod. 502), 01 Estufa de Cultura (Tecnal), 01 Estufa de esterilização (Nova ética), 01 Incubadora (430LDB Nova ética), 01 Micro-ondas (Electrolux), 02 Microscópios (Nikon Eclipse E 200), 01 Phmetro (Tecnal), 01 Refrigerador (Brastemp), 01 Refrigerador (Electrolux Duplex 440l), e 01 Stomacher. 
 Laboratório de Entomologia - B009: Criação, desenvolvimento de bioensaios e triagem de coletas de insetos em campo. Contém equipamentos disponíveis: 02 Câmaras climáticas com alternância de temperatura (Marconi), 01 Câmara de germinação (Tecnal TE-401), 02 CPU (Acer), 02 Iluminadores de fibra ótica (Nikon/NI-30), 03 estereomicroscópio (Nikon IC-OS, 2 computadores de mesa, 1 balança de precisão e 1 balança comum, uma geladeira, uma câmara de captura de imagem, uma câmara fotográfica acoplada ao estereomicroscópio.
 Laboratório de Imunologia: equipamentos disponíveis: 01 Capela de Fluxo Laminar Vertical (Pachane), 01 Centrífuga (Evlab Macro IV), 01 centrífuga mini (Mini spin eppendorf), 01 Contador diferencial de células (Benfer), 01 Desintegrador de agulhas (VH Softline), 01 Desintegrador de agulhas (Bio Eng.), 01 Estabilizador (Office Gold Force Line), 01 Estufa de secagem e esterilização (Tecnal), 01 Impressora (HP Deskjet 400), 01 Leitor de Elisa (Quick Elisa), 01 Leitor de Elisa (Sanofi Diagnostics Pasteur PR 2100), 01 Microbomba (MCV II), 01 Microscópio (Nikon), 01 Microscópio (Zass), 01 Placa aquecedora (Nova Ética), 01 Quadro branco (Corti Arte), 02 Refrigeradores (Continental 270), 01 Peltier Thermal cyler, 01 Ultrafreeser (Naire), 01 Termo cilcador (MJ), 01 Refrigerador (Continental), 01 Microcentrífuga capacit (Evlab), 01 Agitador de tubos (Phoenix), 01 Contador hematológico KX 21N (Roche), 01 Aparelho semiautomático para bioquímica BI02 (BIO-PLUS), 01 Aparelho de coagulação (Mod.Quick-Timer I, Drake), 01 Leitora automática microplacas 96poços bivolt TP (THERMOPLAT), e 01 Lavadora automática (1x8 poços 220V - TP-WAS, THERMOPLAT).
• Laboratório de Microbiologia II/Micologia: equipamentos disponíveis: 02 Estufas de cultura bacteriológica (Nova Ética/Olidel cz), 02 Estufas de cultura bacteriológica (Fanem/Quimis), 01 Fluxo laminar vertical (Pachane), 03 Microscópios (ZeizzICS/KEZ), 01 Placa aquecedora (Nova Ética), e 02 Refrigeradores (Cônsul Pratic 240).
 Zoologia dos Invertebrados: equipamentos disponíveis: 01 BOD com controle de temperatura e fotoperíodo, (Marconi), 01 Duplex (Dako), 01 Espectrofotômetro, 01 Estabilizador automático de voltagem, 01 Estufa com circulação de ar (Marconi), 01 Estufa de esterilização e secagem (Nevoni), 01 Estufa BOD (J. Prolab), 04 Iluminadores de fibra ótica, 17 Lupas (Nikon), 01 Lupa / análise de imagens (Zeiss), 01 Lupa com câmara clara (Zeiss), 04 Microscópios (Nikon), 01 PH metro, 01 Retroprojetor. Temos ainda animais fixados e armazenados em formol, e coleções entomológicas.
 Laboratório de Zoologia de Vertebrados: equipamentos disponíveis: 01 Exaustor suspenso, 02 Iluminadores de fibra óptica, 04 Lupas de bancada, 05 Lupas (Nikon), 01 Tanque revestido com inox. Temos ainda peças anatômicas (animal) fixadas em glicerina, animais fixados e armazenados em formol, peixes fixados e armazenados em formol, 01 esqueleto bovino, 01 esqueleto equino e variedades de ossos animais.
• Laboratório de Fisiologia Animal: equipamentos disponíveis: 01 Balança (Marte), 01 Balança de precisão (Marte), 10 Caixas de Skinner grande branca, 40 Caixas de Skinner pequena branca, 01 Chapa Aquecedora (Tecnal), 01 Chapa Aquecedora (Nova Ética), 01 CPU, 01 Microscópio (Taimim), 01 Monitor, 01 Multitimer (TP-120), 01 Phmetro, 01 Refrigerador e 01 Water maze (Caixa d'água).

 

CeTeAgro
Os laboratórios do CeTeAgro foram adaptados para servir de treinamento para profissionais (empresários e produtores agrícolas) e para desenvolvimento de produtos para empresas agroindustriais de pequeno porte.
• Laboratório de preparo de material (24m²): secagem de vidrarias, secagem de amostras (umidade), preparo de materiais para uso em microbiologia e fermentação. Equipamentos: Estufa Marca Marconi, com renovação e circulação de ar, modelo MA 037, Estufa para esterilização a seco de material microbiano, marca J. PROLAB, modelo SE3, Autoclave vertical.
• Laboratório de Microbiologia (14 m2): Microscopia, cultivo de microrganismos, coloração de culturas, inoculação e cultivo. Equipamentos: Kitasato com suporte para microfiltro; câmara de fluxo laminar, microscópio Bel com luz polarizada e dois modelos de microscópio digital com captação de imagem, estufas bacteriológicas e BOD com foto período.
• Laboratório de Cultivo de Tecidos Vegetais “in vitro” (11 m2): para crescimento de plantas e tratamento térmico. Equipamentos: estantes, luz artificial, lupa binocular, autoclave etc.
• Laboratório de Tecnologia de Fermentações (14m2): processos fermentativos, enzimáticos e produção de biomassa. Equipamentos: agitador Dubnoff marca Tecnal, modelo TE-053 (shaker), shaker-agitador, agitador de haste com hélice digital, , agitador com haste e regulador de rotação, agitador orbital adaptado para cultivo de algas fotossintetizadoras. 
• Laboratório Geral de Análises (110m2): Análises físico-químicas e viscográficas e treinamento em geral. Equipamentos: Balanças de diferentes sensibilidades, pH-Metter, viscosímetros Brookfild e copo Ford, capela, água destilada e desmineralizada, Reator de tratamento por radiação Ultravioleta UVC Germetec, conjunto de 8 provas para análise de fibra e gordura, determinador de cor tipo Hunter-Lab, determinador de atividade de água, centrífuga refrigerada de bancada Novatecnica modelo NT 815, rotavapor de 1 litro etc.
• Cozinha experimental (39m2): Desenvolvimento, adaptação e avaliação de processos e produtos em alimentos. Equipamentos: Forno elétrico, forno de micro-ondas, cilindro de massas, descascador e cortador de hortaliças, multiprocessador e liquidificador (15 litros) escala cozinha industrial, seladora com entrada para gases e para vácuo etc.
• Laboratório de visão computacional (8 m2): Comportamento animal e vegetal. Sala para realização de experimentos monitorados por câmeras cujas imagens são posteriormente analisadas e processadas por técnicas de visão computacional, inteligência artificial e áreas afins, com o intuito de auxiliar na obtenção dos resultados de tais experimentos, minimizando consequentemente erros provenientes de limitações humanas. Equipamentos: 4 microcâmeras de monitoramento (Modelo das IR CCD 1/4 Day/Night 420 L), com suporte a ampliação, equipadas com canhões de infravermelho (para captura de imagens noturnas) e um computador dedicado (Processador Intel Core 2 Quad de 2.33 GHz com 4MB de cache, memória de 2GB, disco rígido SAMSUNG SATAII 7200 de 320 GB, placa de vídeo GS GeForce 8400 de 512 MB e placa de rede wireless D-Link DWL-G520, que armazena instantaneamente as imagens capturadas pelas câmeras. Como proteção contra cortes de corrente, conta com No-Break, modelo AP BR1200BI 1,2KVA.
• Laboratório tratamento de resíduos (36 m²): tratamento aeróbio e anaeróbio de resíduos líquidos com separação de fases acidogênica e metanogênica. Equipamentos: reator para tratamento de resíduos líquidos em separação de fases, filtro aeróbio e anaeróbio, sistema de captação de dados e medição de volume de gás etc.
• Laboratório de Desenvolvimento, adaptação, avaliação e transferência de Tecnologia (150m2): aumento de escala em projetos, melhoria e desenvolvimento de processos, melhoria de segurança, apoio a empresas do setor. Equipamentos: fornos, fogão, descascador, túnel de secagem com 2 ventiladores e controle de temperatura e ventilação, triturador, forno experimental em aço inox com mexedores etc.


ATUAÇÃO DOS DOCENTES

O corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias tem experiência na gestão de projetos de pesquisa e recursos com diversos projetos aprovados em editais de âmbito nacional.

 

A maioria dos docentes do Programa proposto já participa de pesquisas integradas, que deram origem a publicação de artigos em periódicos e em Congressos. Além de atividades comuns, a cooperação dos docentes permitirá oferecer disciplinas integradas, disponibilizando aos pós-graduandos em nível de Mestrado e Doutorado, um conteúdo mais rico que facilita a visão sistêmica do agronegócio.


INTERCÂMBIO NACIONAL

Cooperação Interinstitucional: Acordos e Projetos

 

Principais Projetos e Acordos de Cooperação Interinstitucional da Universidade Católica Dom Bosco.

 

(1) Uso de Ultravioleta em desenvolvimento de amidos modificados e fermentação alcoólica. UFMS, UEPG, CNPq.
(2) Cosmovisão e as representações das crianças kaiowá-guarani: o antes e o depois da escolarização. UFMS, UEMS, FUNDECT, CNPq
(3) Avaliação do Potencial Farmacológico de Jacaranda cuspidifolia Mart. Unb,UFMG
(4) Avaliação de aditivos para cana-de-açúcar (Saccharum officinarum) in natura. UFMS, UEM.
(5) Desenvolvimento de Algoritmos de Roteamento para RSSF Utilizando Tecnologia Adaptativa. USP, UFMS.
(6) Ensino Noturno: acesso e democratização da educação superior. UEMS, UFMT, UFMS, UFG, UEG.
(7) Estudo de moléculas com interesse alimentar e farmacológico obtidos do baru. USP, UNESP, UCB, UEM.
(8) Matérias-primas para etanol como alternativa à monocultura. UFT.
(9) Valorização da cultura da mandioca (Manihot esculenta, Crantz) através da extração, caracterização e aplicação de glicosideos tóxicos. UNESP.
(10) Classificação Automática de Defeitos em Couro Bovino. EMBRAPA, FINEP, CNPq.
(11) Formação de Professores do Estado do Mato Grosso do Sul: Análise Histórica-Política. UFMS, UFU, UNIUBE, UEG, UnB, CNPq.
(12) Produção acadêmica sobre professores: estudo interinstitucional da região centro-oeste. UFMS, UFU, UnB, UNIUBE, UFMS,UEG.
(13) Manto Tupinambá: elemento central de um processo de reconstrução sociocultural (MCDB e Museu Nacional). UFRJ.
(14) Instituições Nacionais com as quais a UCDB mantém relações acadêmicas: UNICAMP, UNISAL, UNISALESIANO, UFMS, UEPG, CNPQ, UEMS, FUNDECT, UnB, 
UFMG, UEM, USP, UFMT, UFG, UNESP, UFT, EMBRAPA, FINEP, UFU, UNIUBE


INTERCÂMBIO INTERNACIONAL

Cooperação Interinstitucional: Acordos e Projetos

 

Principais Projetos e Acordos de Cooperação Interinstitucional da Universidade Católica Dom Bosco.

 

(1) Rede de Saberes – permanência de acadêmicos indígenas no ensino superior. Fundação FORD (USA), UEMS, UFGD, UFMS
(2) Apoio ao Fortalecimento das Políticas Públicas dos Índios Guaranis na Região Transfronteiriça. Universidad Pablo de Olavide de Sevilla (Espanha), Universidad 
Nacional de Misiones (Argentina) e Universidad Católica de Asunción (Paraguai), UNICAMP
(3) Formação Continuada em uma Comunidade Virtual: Um Espaço de Reflexão e Colaboração. UAPT - Universidade Aberta de Portugal - CEMRI (Portugal)
(4) Semelhanças e Diferenças: A Construção da Identidade Infantil Revelando a Realidade Sócio Cultural de Grupos Indígenas em Mato Grosso do Sul. UNILIM -
Universidade de Limoges (França)
(5) Intercâmbio Acadêmico, Científico e Cultural - 1. CIAD - Centro de Investigación en Alimentación y Desarrollo - Universidade de Sonora (México).
(6) Intercâmbio Acadêmico, Científico e Cultural – 2. Universidade Eötvös Loránd, ELTE-BTK (Hungria).
(7) Intercâmbio Acadêmico, Científico e Cultural – 3. UTK - University of Tenessee Knoxville - UT's School of Communication Studies (USA)
(8) Intercâmbio Acadêmico, Científico e Cultural – 4. Museum für Völkerkunde (Austria)
(9) Papel da universidade no desenvolvimento das coletividades locais. entre d Etudes et de Recherches sur le Bresil (CERB), Université du Québec à Montréal (UQAM) 
e Conseil de Recherches en Sciences Humaines du Canada (Canadá).
(10) Erasmus Mundus STeDe - Desenvolvimento Territorial Sustentável. Universitá degli Studi di Padova (Itália), Universidade Católica de Leuven (Bélgica), Université 
Paris 1 - Pantheon - Sorbonne (França), European Comission
(11) Rede IUS para as Áreas de Engenharia e Tecnológicas - IUS Engineering Group. UPS (Equador), DBIT (India), DBTC (Filipinas), EUSS (Espanha), Salesio (Japão), 
UDB (El Salvador), USB (Bolívia), UNISAL, UNISALESIANO.
(12) Direitos Humanos e Multiculturalismo: Sob a visão da cultura da diferença. UCM - Universidade Complutence de Madri (Espanha), USAL - Universidade de 
Salamanca (Espanha)
(13) Intercâmbio Estudantil. Conferência de Reitores e Dirigentes das Universidades de Quebéc (Canadá).
(14) Rede de Cooperação em Qualidade e Governança. Universidade Miguel Hernandez (Espanhã), UNISAL, USP (Lorena), UNESP (Guará)
(15) Países com os quais a UCDB mantém relações acadêmicas: USA, Espanha, Argentina, Paraguai, Portugal, França, Canadá, Hungria, Equador, Índia, Filipinas, 
Japão, El Salvador, Bolívia, México